Pastor manda "dar tiro" e "jogar revólver na cara" de bandido em programa de TV


Jornal GGN


"Tem gente que precisa tomar tiro. Precisa tomar tiro, por quê? Porque eles estão querendo matar a sociedade". Com essas palavras, o pastor Lúcio Barreto Júnior, da Igreja Batista da Lagoinha, em Belo Horizonte (MG), comandou uma de suas pregações no programa Nunca é Tarde, da Rede Super de Televisão, emissora cristã instalada em Minas. Na ocasião, ele respondia à pergunta de um internauta, que tinha dúvidas sobre o caráter pecaminoso ou não de um policial que mata em serviço.

Espalhado recentemente na internet, o programa produzido em maio traz Lucinho esclarecendo a necessidade de os policiais cometerem homicídios no exercício do trabalho. "Policial cristão ou não cristão tá [sic] no serviço, tá trabalhando. A Bíblia só te chama de agente de Deus, você é o emissário do Céu, você é Jesus ali protegendo a sociedade”.

Em sua explicação, o religioso ainda rechaça os argumentos de quem repudia a violência policial, perguntando o clássico "se fosse com o seu filho, o que você iria fazer?". Para Lucinho, é necessário enfiar "faca na caveira mesmo". "E vamos arrepiar o cabelo do sovaco deste povo, porque temos filhos. E a gente tá pondo filho neste mundo é pra quê? Pro bandido vir… Não, senhor.”

Ao final de seu conselho, o pastor agradece aos policiais pelo trabalho realizado diariamente. “E eu mando o meu beijo para a Polícia Militar, para a Polícia Civil e para todas as polícias. Federal, estadual, rodoviária. Beijo para vocês. Que Deus guarde vocês e abençoe vocês todos os dias.”

Louco por Jesus

Conhecido na capital mineira como pastor Lucinho, o religioso usa uma linguagem "jovem e contemporânea". Em seu site oficial, um perfil o descreve como um homem de "carisma, bom humor e sensibilidade aos problemas da juventude". "Com pensamento rápido e talento para falar, pr. Lucinho realiza uma obra singular na igreja evangélica do Brasil. Ele é palestrante em eventos que reúnem milhares de jovens no Brasil, Estados Unidos, Europa, em países como Índia, Israel, Haiti entre outros", diz a apresentação.

Pastor Lucinho criou um projeto "interdenominacional" chamado“Cruzadas Loucos por Jesus”. “Como tenho grande facilidade para falar com os jovens, e nunca tinha visto cruzadas específica para eles, comecei a trabalhar nisso e decidi ‘setorizar’ meu trabalho com eles”, disse.

Assista ao vídeo:


Enviar: Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

Cleber disse...

Alguem ai tem alguma duvida se ele tem razão ? ? ?
Vagabundo tem que morre mesmo
Concordo plenamente em matar quem escolhe viver as margens da sociedade