PSDB rompe contrato com empresa de réu do mensalão tucano

"Pensar Comunicação Planejada pediu, nesta quarta-feira (12), o encerramento do contrato que mantém com o PSDB desde 2009; um dos sócios da empresa é o jornalista Eduardo Guedes, réu no processo do mensalão tucano, que presta serviços de comunicação ao presidente do partido, senador Aécio Neves (PSDB); Guedes é acusado de ter desviado R$ 3,5 milhões, mas diz que agora terá oportunidade de provar sua inocência

Brasil 247

A empresa Pensar Comunicação Planejada pediu, nesta quarta-feira (12), o encerramento do contrato que mantém com o PSDB desde 2009. A Pensar tem como um de seus sócios o jornalista Eduardo Guedes, réu no processo do mensalão tucano, que presta serviços de comunicação ao presidente do partido, senador Aécio Neves (PSDB-MG). A informação é da Folha de S. Paulo.

Em carta enviada ao comando nacional do PSDB, o presidente da empresa, Ivan Manso Guedes, afirma que o rompimento do contrato tem como objetivo evitar "constrangimentos" à direção do partido. "A nossa decisão decorre da constatação das notórias tentativas de utilizar fato ocorrido há 15 anos, em Minas Gerais, ainda sob o exame da justiça –portanto sem nenhuma conclusão– que envolve como acusado um dos nossos prestadores de serviços , o jornalista Eduardo Guedes, com claro intuito de criar indevidas suspeições e injustos constrangimentos à direção do partido", diz a carta.

Ivan Guedes também afirma que Eduardo Guedes, de quem é irmão, "aguarda a oportunidade de apresentar sua defesa" e está confiante de que será absolvido das acusações. O presidente da empresa diz, ainda, que desde 2009 não houve "qualquer alteração jurídica" na situação do jornalista.

Reportagem da Folha publicada nesta quarta-feira (12) mostrou que Aécio mantém Eduardo Guedes como um de seus principais assessores de confiança na área de comunicação."
Enviar: Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: