MP questiona a Sabesp sobre Cantareira


"Promotoria afirma que a água do chamado "volume morto" pode comprometer a saúde da população e o ecossistema da região; reserva vai agregar 18,5 pontos percentuais ao nível atual do reservatório, que pode zerar até agosto

Brasil 247

O Ministério Público do Estado de São Paulo abriu dois inquéritos para questionar o uso do chamado "volume morto" do Sistema Cantareira pela Sabesp.

O governo de Geraldo Alckmin (PSDB) liberou a utilização para evitar o racionamento diante do nível baixo histórico que o reservatório tem apresentado – 8,6% na última medição. No entanto, a Promotoria afirma que essa água pode comprometer a saúde da população e o ecossistema da Cantareira.

Segundo levantamento do Valor, se não fosse o uso da reserva, que vai agregar 18,5 pontos percentuais ao nível atual, o reservatório seria zerado até agosto (leia mais)."
Enviar: Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: