Para 73% em SP, protestos geram mais prejuízos do que benefícios


'Pesquisa Datafolha foi realizada durante greve de motoristas e cobradores de ônibus, que parou São Paulo durante dois dias; estudo também registra queda no apoio às manifestações, hoje de 52%; em 2013, após os protestos de junho e de setembro, o apoio dos paulistanos aos protestos era de 89% e de 74%, respectivamente

Brasil 247

Diante do caos gerado pela greve de motoristas e cobradores de ônibus em São Paulo, pesquisa Datafolha aponta que, para 73% dos paulistanos, protestos geram mais prejuízos que benefícios - seja para eles mesmos (69%), ou para o conjunto da sociedade (73%).

Também foi registrado queda no apoio às manifestações, hoje de 52%. Em 2013, após os protestos de junho e de setembro, o apoio dos paulistanos aos protestos era de 89% e de 74%, respectivamente.

Na época, os atos foram iniciados pelo Movimento Passe Livre. Agora, por empregados de empresas de ônibus, que bloquearam vias da cidade e reduziram as opções de acesso da população ao trabalho.

Quanto à Copa do Mundo, Datafolha apontou que 45% são a favor do evento e 43%, contra (leia mais)."
Enviar: Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: