Minas Sem Censura: Assunto encerrado, senador Aécio? Por que não uma CPI?

Assunto encerrado, senador? Por que não uma CPI?
bloco Minas Sem Censura
 
"O bloco Minas Sem Censura aparteia o senador Aécio Neves mais uma vez. Agora, para dizer: não cabe à sua excelência decidir que o assunto do aeroporto clandestino de Cláudio, MG, está encerrado. Aliás, parece que ele começa a entender isso.

Os deputados da oposição querem instalar uma CPI, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, para que algumas respostas sejam dadas:
Comprovado o investimento de dinheiro público (cerca de 500 mil reais, em cifras atualizadas), feitos em 1983, na terra do “tio Múcio Tolentino”, sem, previamente, estatizá-la, o bloco quer saber qual o nível de envolvimento do Ministério Público, da Justiça e do Tribunal de Contas do Estado na apuração da irregularidade?

Quais os critérios econômicos que justificaram a priorização do aeroporto de Cláudio, em detrimento de outros polos mais dinâmicos no estado?
Mesmo que no município de Cláudio houvesse algum critério de demanda econômica, os princípios da impessoalidade e o da moralidade não impediriam que o ex-governador fizesse a desapropriação e a obra na terra do tio, que é próxima – também – ao espólio da avó Risoleta?

Considerando os custos já divulgados pela imprensa, de aeroportos até mais completos, os 13,8 milhões de gastos não se colocam como muito exagerados?

Por 31 anos, desde a pista de pouso feita por Tancredo, até recentemente, esta pista foi de uso privativo da família de Aécio Neves e de amigos. Quantos voos clandestinos foram feitos, de fato, lá?

O estado enviou documentação completa à Anac, visando agilizar a homologação do aeroporto? Se não foi completa, qual foi o motivo?

Sobre o processo de desapropriação: as ações do MP, da Justiça, da ALMG, do TCE, da Advocacia Geral do Estado foram adequadas? Houve alguma perda de prazo? Há algum indicío de prevaricação? Qual o histórico das perícias e avaliações feitas sobre o valor do terreno em foco?

A resposta a essas e outras perguntas podem ser dadas numa Comissão Parlamentar de Inquérito. O senador, que é a favor de CPIs em Brasília,  com certeza vai autorizar sua base na ALMG a assinar o requerimento do bloco pela instalação da CPI.

É a CPI que pode encerrar o assunto e não uma ordem do senador Aécio Neves!"
Enviar: Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: