Ator Mark Ruffalo retira apoio a Marina Silva


"Um dia depois de gravar um vídeo de apoio à candidatura à Presidência de Marina Silva, do PSB, o ator norte-americano Mark Ruffalo, que interpretou Hulk na série de filmes "Vingadores", retirou seu apoio a Marina, após "tomar conhecimento" de que a evangélica da Assembleia de Deus é contra o casamento gay e os direitos reprodutivos da mulher; "Não posso, em sã consciência, apoiar um candidato que tem uma abordagem dura em relação a questões como o casamento entre homossexuais e os direitos reprodutivos, mesmo que o candidato esteja disposto a fazer a coisa certa sobre as questões ambientais", escreveu o ator

Brasil 247

Um dia depois de gravar um vídeo de apoio à candidatura à Presidência de Marina Silva, do PSB, o ator norte-americano Mark Ruffalo, que interpretou Hulk na série de filmes "Vingadores", retirou seu apoio a Marina, após "tomar conhecimento" de que a evangélica da Assembleia de Deus é contra o casamento gay e os direitos reprodutivos da mulher.

No texto divulgado nesta segunda-feira em seu Tumblr oficial, o ator diz que não sabia sobre sua posição ao gravar o vídeo. "(...) só vi o seu debate, onde ela disse que apoiou o casamento gay, e vim a descobrir depois o fato de que seu partido retirou o apoio a esta questão. Eu não posso, em sã consciência, apoiar um candidato que tem uma abordagem dura em relação a questões como o casamento entre homossexuais e os direitos reprodutivos, mesmo que o candidato esteja disposto a fazer a coisa certa sobre as questões ambientais", escreveu o ator.

No vídeo, divulgado pela campanha de Marina nas redes sociais nesse domingo, 28, Ruffalo diz que a candidata é uma das "mais interessantes e animadoras pessoas no cenário político mundial, hoje em dia". Ruffalo também diz que Marina representa um "entendimento de um novo tipo de paradigma no mundo". "Existe um clamor no mundo por alguém que está disposto a ter a coragem e a força para mudar isso", e Marina "é uma dessas pessoas muito muito especiais".

O ator também disse em seu texto não ser especialista em política brasileira mas que os "direitos das mulheres, direitos dos homossexuais e os direitos ambientais" fazem parte do seu conjunto de visão de mundo e que fica impossível para ele endossar um candidato em particular que não tenha essa mesma visão das três questões.

Quanto aos direitos reprodutivos da mulher citado pelo ator, Marina sempre se declarou contra o aborto. No perfil oficial da candidata, a campanha de Marina respondeu em inglês a Ruffalo que não é verdade que ela seja contra o casamento gay, que o apoio a união entre homossexuais está em seu programa de governo e postou o link para ao site com o documento. "Além disso, @markruffalo, você precisa saber que as eleições brasileiras estão tendo uma enxurada de mentiras e essa é outra sobre Marina", tuitou a campanha.

Ruffalo, então, pediu para que fosse enviado a ele o programa em inglês e questionou se ela era a favor do casamento entre pessoas do mesmo sexo. Até o momento, a candidata não respondeu o ator."
Enviar: Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 comentários:

Galvam disse...

Eu não entendo isto! Por que Mark Ruffalo não vai cuidar por exemplo da degradação ambiental em Pittsburgh causado pelas siderurgicas, ou no entorno da cidade de Nova York,que tem desde indústrias quimicas abandonadas a prédios em ruínas e todos os mananciais poluídos?

Anônimo disse...

Pergunta: Mark Ruffalo vota em qual seção eleitoral do Brasil? Até parece que o apoio ou falta de apoio dele a algum candidato pode interferir na eleição... esses americanos... não aprendem...