Sicários da Globo atiram em Berzoini


"Assim será a batalha da Ley de Medios. Prepare-se, amigo navegante !

Paulo Henrique Amorim, Conversa Afiada

Eduardo Cunha, que Câmara Cascudo identificaria em Pedro Malasartes, já se curvou aos pés da Globo e alvejou Berzoini.

Rapidamente, Aloysio 300 mil pulou à frente e destilou mais violência.

O seria de Aloysio 300 mil se a Fel-lha não tivesse assassinado Romeu Tuma para elege-lo Senador ?

O que será de Aloysio 300 mil, quando o sereno Ministro Barroso legitimar  a Operação Castelo de Areia ?

Aloysio 300 mil não seria ou não será nada.

Apenas o que sempre é e foi, depois que parou da assaltar banco: da tropa de choque do Padim Pade Cerra.

Na excelsa companhia de Ricardo Sérgio de Oliveira, Mr Big, Vladimir Rioli, Preciado, Bourgeois e todos os que se encontram no verão, na Ilha do Urubu.

Onde também poderia estar o ex-comunista Roberto Freire ( pior que um ex-comunista, só …).

Essa é a turma do Aloysio 300 mil.

Que tão cedo se prostrou diante da Globo – como fará o Cerra, breve, por causa do Berzoini.

No Diário do Brasil:


ALOYSIO NUNES TRANSFORMA SEU FACEBOOK EM “VASO SANITÁRIO” E PUBLICA DELÍRIOS ONLINE


O SENADOR E EX-GUERRILHEIRO ALOYSIO NUNES (PSDB-SP) DECIDIU CERRAR FILEIRAS PARA DEFENDER OS PRIVILÉGIOS DE ALGUMAS FAMÍLIAS MIDIÁTICAS QUE AINDA CONCENTRAM A INFORMAÇÃO NO BRASIL


Neste sábado, ele divulgou uma nota contra o ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini, em que, além de chamá-lo de ‘aloprado’, o acusa de planejar um crime.

Qual seria? Debater a regulação dos meios de comunicação no Brasil – regulação esta que existe, por exemplo, em países como Estados Unidos, onde não se permite a propriedade cruzada, e na Inglaterra, onde o magnata Rupert Murdoch foi forçado a se desculpar pelos crimes do finado News of the World.

Triste papel para um senador que, no passado, ao que consta, combateu a ditadura militar, apoiada pelos grupos de comunicação Globo, Folha e Estado, usando o codinome “companheiro Mateus”.

Mais recentemente, Aloysio participou de uma passeata, em São Paulo, em que os manifestantes pediam a volta do regime militar.

Leia, abaixo, a nota publicada por Aloysio Nunes neste sábado:

O líder do PSDB no Senado, Aloysio Nunes Ferreira (SP), alertou neste sábado (03/01) sobre o risco à liberdade de imprensa por parte do novo ministro das Comunicações, Ricardo Berzoini, que propõe a regulação econômica da mídia.

A seguir, a íntegra da declaração de Nunes Ferreira.

“O traço de união capaz de congregar em uma linha de ação comum facções rivais do campo lulo-petista e também os grupelhos da esquerda anti-democrática é a proposta celerada a cargo do novo ministro das Comunicações, o “aloprado” [Ricardo] Berzoini: o controle da imprensa, conforme ele anunciou ontem no discurso de posse.

Todos os que se opõem ao governo Dilma têm o dever de se unir no Congresso e nas ruas para o combate sem trégua a essa tentativa criminosa. O que está em jogo é a liberdade de expressão, cerne da vida democrática. Essa é a prioridade das prioridades


Enviar: Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: