Barbara Gancia cobra explicação do Einstein sobre agressão a Mantega


"A direção do hospital está ciente de que, caso este comportamento brutal for tolerado e nenhuma medida tiver sido tomada contra quem o praticou, isto irá significar que a Sociedade Beneficente Israelita Albert Einstein compactua com a irresponsabilidade, a escalada da violência e o desrespeito à ordem pública?", questiona a jornalista Barbara Gancia, em carta ao presidente da Sociedade Israelita Albert Einstein, Claudio Lottenberg; Barbara ficou indignada com o episódio de intolerância contra o ex-ministro Guido Mantega

Brasil 247

 A jornalista Barbara Gancia cobrou uma explicação do Hospital Albert Einstein sobre a agressão sofrida pelo ex-ministro Guido Mantega (leia mais aqui). Confira, abaixo, o texto postado por Barbara em seu Facebook?

Para o dr. Claudio Lottenberg, presidente da Sociedade Beneficente Israelita Albert Einstein, que, no último domingo, na modestíssima opinião desta datilógrafa que vos fala, ocupou o espaço da página 3 da Folha de S. Paulo (Tendências/Debates) com a distribuição de ufanismos a instituição que dirige, estatísticas soporíferas e metáforas de gosto duvidoso sobre saúde do corpo e vitalidade do país ("cancro da corrupção"; "ganância fiscal que aumenta a obesidade de órgãos públicos esclerosados" -fala a verdade?-; "Brasil precisa de terapia intensiva com o apoio de todos que possam colaborar para sua recuperação"), pois então, para este discípulo de Hipócrates tão cioso do seu dever sagrado e tão averso ao exercício do poder por meio da política, para ele eu tenho algumas questões incisivas (uia!):

Caro senhor doutor presidente:

1) Já foram identificados os indivíduos que hostilizaram ao ex-ministro Mantega e sua mulher, que foi ao hospital na terça-feira para ser submetida a tratamento contra o câncer?

2) Que providências os senhores estão tomando, foi registrado Boletim de Ocorrência? 

3) A direção do hospital está ciente de que, caso este comportamento brutal for tolerado e nenhuma medida tiver sido tomada contra quem o praticou, isto irá significar que a Sociedade Beneficente Israelita Albert Einstein compactua com a irresponsabilidade, a escalada da violência e o desrespeito à ordem pública?

O senhor entende, dr. Claudio, que o Einstein não pode consentir, porque isso significa que ele se colocará do lado dos inconsequentes que querem ver o circo pegar fogo sem medir as consequências para as instituições?"
Enviar: Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: