Cerco popular impede pacotaço do tucano Richa


"Manifestantes derrubaram os portões da Assembleia Legislativa do Paraná e foram recebidos com balas de borracha e bombas de efeito moral pelas forças de ordem; da janela do 5° andar, deputados narravam o clima de 'guerra' antes de pedirem o encerramento da sessão que votaria o polêmico corte fiscal do governo; logo em seguida, a Casa Civil anunciou a retirada "para reexame" dos projetos "em virtude das manifestações" e "para garantir a integridade física dos parlamentares"

Brasil 247

Em um terceiro dia de protestos e enfrentamento com a polícia, o cerco popular venceu a queda de braço com o governo tucano de Beto Richa, que desistiu do pacote fiscal que estava sendo votado por deputados.
Manifestantes derrubaram os portões da Assembleia Legislativa do Paraná e foram recebidos com balas de borracha e bombas de efeito moral pelas forças de ordem (assista no vídeo abaixo).

Sob o clima de tensão, 33 dos 54 parlamentares chegaram à Casa dentro de um ônibus da tropa de choque da Polícia Militar, na companhia do secretário de Segurança Pública, Fernando Francischini. Após os primeiros estrondos, porém, eles decidiram por encerrar a sessão que votaria o polêmico projeto do governo.

Logo em seguida, a Casa Civil anunciou a retirada "para reexame" dos projetos "em virtude das manifestações" e "para garantir a integridade física dos parlamentares".
Enviar: Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: