França libera dados do Swissleaks ao Brasil


"Equipes do Ministério da Justiça, da Polícia Federal e do Ministério Público chegam ao país europeu entre os dias 3 e 5 para uma perícia nos documentos, que envolvem contas bancárias de 6,6 mil brasileiros da filial do HSBC Private Bank em Genebra; recebimento das informações oficiais pelo governo brasileiro é resultado de um entendimento entre o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o Secretário Nacional de Justiça, Beto Ferreira Martins Vasconcelos, e autoridades do Ministério Público francês

Brasil 247

O governo da França autorizou o acesso de equipes do Ministério da Justiça, da Polícia Federal e do Ministério Público à base de dados do caso Swissleaks – que envolve contas bancárias de 6,6 mil brasileiros da filial do HSBC Private Bank em Genebra. Autoridades brasileiras chegam ao país europeu entre os dias 3 e 5 para uma perícia nos documentos.

O recebimento das informações oficiais pelo governo brasileiro é resultado de um entendimento entre o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que foi à França com o Secretário Nacional de Justiça, Beto Ferreira Martins Vasconcelos, e autoridades do Ministério Público francês.

A França já protocolou acordos de compartilhamento de dados com 19 países, alguns dos quais conseguiram, inclusive, repatriar recursos desviados. O Brasil deve ser o 20º País a formalizar este procedimento.

Leia aqui reportagem de Erich Decat sobre o assunto. "
Enviar: Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: