Marcelo Odebrecht esteve com Serra no escritório da filha Verônica


Do Jornal GGN

"O leitor André Nunes passou a dica para contornar as tarjas pretas no relatório da Polícia Federal sobre as anotações no telefone de Marcelo Odebrecht. O GGN publicou então a informação de que as iniciais JS referiam-se a José Serra. Outros trechos do relatório continuavam ocultos (leia aqui).
 
Dois outros leitores, Edson Marcon e Domingos Matos seguiram a dica e completaram a limpeza do relatório.

A maior parte das tarjas visava resguardar endereços e telefones de interlocutores. Em alguns casos, ocultaram o agendamento de reuniões e, principalmente, os locais e horários delas.

No caso de JS – o senador José Serra – foram duas reuniões anotadas na agenda.

A primeira, no dia 27 de novembro de 2014, com Serra já eleito senador, no apartamento de um prédio residencial na rua Joaquim Antunes. O encontro foi ás 17 horas. Ainda não se sabe a quem pertence o apartamento.

A segunda, no dia 7 de janeiro de 2015 ás 20:30, em um prédio da rua Arthur Azevedo.

Mesmo sendo horário noturno, o prédio em questão é comercial.

O endereço que consta na agenda é da Pacific Consultoria e da Pacific Investimentos. O leitor Meire da Rocha buscou pelo CNPJ de Verônica Serra e concluiu ser a mesma empresa (http://jornalggn.com.br/comment/697145#comment-697145).

Até agora, Serra não se pronunciou sobre o encontro."
Enviar: Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: