Aécio tem 72h para explicar indício de irregularidade em campanha ao TSE


"Relatora do caso no Tribunal Superior Eleitoral das contas da campanha do senador Aécio Neves (PSDB) a presidente no ano passado, a ministra Maria Thereza Moura determinou, nesta sexta-feira (14), que ele preste esclarecimentos em 72 horas sobre indícios de irregularidades apontados pela área técnica do tribunal no TSE na prestação de contas; o despacho não informa quais seriam as ilegalidades identificadas; o balanço da campanha do PSDB ainda não foi julgado pelo plenário do TSE; o candidato tucano arrecadou R$ 222.925.853,17 durante a campanha, mas gastou R$ 223.475.907,21

Brasil 247

O Tribunal Superior Eleitoral avançou nesta sexta-feira (14) com a análise da prestação de contas da campanha de 2014 do senador Aécio Neves (PSDB-MG), que disputa a Presidência e foi derrotado por Dilma no ano passado.

Relatora do caso, a ministra Maria Thereza Moura determinou que Aécio preste esclarecimentos em 72 horas sobre indícios de irregularidades apontados pela área técnica do tribunal. O despacho não informa quais seriam as ilegalidades identificadas. O balanço da campanha do PSDB ainda não foi julgado pelo plenário do TSE."
Enviar: Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: