Ex-sócio de Youssef pode ter pago propina a Cunha no exterior


"Leonardo Meirelles entregou ao Ministério Público Federal e à Polícia Federal 145 extratos bancários e comprovantes de depósitos que seriam de propinas pagas no exterior no esquema da Lava Jato; entre os supostos beneficiários pode estar o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB- RJ); em depoimento da delação premiada, Youssef disse que usou Meirelles para pagar US$ 2 milhões ao lobista do PMDB Fernando Baiano, com destino a Cunha

Brasil 247

Ex-sócio do doleiro Alberto Youssef, Leonardo Meirelles entregou ao Ministério Público Federal e à Polícia Federal 145 extratos bancários e comprovantes de depósitos que seriam de propinas pagas no exterior no esquema da Lava Jato.

Entre os supostos beneficiários da propina pode estar o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB- RJ). Em depoimento da delação premiada, Youssef disse que usou Meirelles para pagar US$ 2 milhões ao lobista do PMDB Fernando Baiano, com destino a Cunha.

O presidente da Câmara foi acusado pelo ex-consultor da Toyo Setal Júlio Camargo de ter pedido US$ 5 milhões para que um contrato de navios-sondas da Samsung Heavy Industries fosse viabilizado. Ele nega.

Leia aqui reportagem de Jailton Carvalho sobre o assunto."
Enviar: Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: