Reservadamente, Aécio pediu desculpas a Cunha


"Segundo a colunista Mônica Bergamo, o senador tucano fez chegar recados ao presidente da Câmara pedindo desculpas por dizer que o deputado deveria deixar o cargo caso virasse réu nas investigações da Lava Jato

Brasil 247

O presidente do PSDB e senador Aécio Neves (MG) pediu desculpas, reservadamente, ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).
Segundo a colunista Mônica Bergamo, o tucano fez chegar recados ao deputado se desculpando por dizer que o peemedebista deveria deixar o cargo caso virasse réu nas investigações da Lava Jato.

"Informou que chegou a pensar em convocar uma entrevista coletiva para se explicar, mas depois optou por deixar o assunto morrer na imprensa", diz trecho da nota da jornalista.

Cunha foi denunciado pela Procuradoria Geral da República por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no âmbito da Lava Jato. O PSDB demorou a se pronunciar. De início, pediu cautela, por meio do líder da bancada na Câmara, deputado Carlos Sampaio (SP).

Quando se pronunciou, Aécio descreveu as denúncias como "extremamente graves" e afirmou ao jornalista Kennedy Alencar, do SBT: "A aceitação da denúncia por parte do Supremo tira as condições, acredito eu, mínimas de condução da Câmara dos Deputados" (leia mais)."
Enviar: Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: