MP de Minas investiga viagens de Aécio ao Rio. Dá em nada, só na hipocrisia

Fernando Brito, Tijolaço 

O MP de Minas Gerais abriu, noticia a Folha, apuração preliminar sobre as 124 viagens de Aécio Neves ao Rio de Janeiro nos sete anos em que governou Minas, apenas no Learjet 35 do Governo mineiro.

Provável que não dê em nada, porque o mesmo MP achou “normal” fazer um aeroporto que fica o tempo todo fechado apenas para servi-lo em seus deslocamentos a Cláudio, onde fica a fazenda de sua família.

O problema maior, acho eu, é o caráter não-eventual destas viagens, que transforma o que seria o deslocamento excepcional e necessário de um governador, pelos meios de que o Estado dispõe, numa rotina, aí sim cara e moralmente injustificável.

Mas o pessoal da “nova política”, aquela que Aécio diz praticar – na esteira do falecido Eduardo Campos – é adepto da hipocrisia própria dos moralistas.

Vive de dedo apontado para os outros e, em relação a si mesmo, é mais cego que o famoso Aderaldo, sem, claro, o talento do grande poeta cearense.

Todo mundo sabe que Aécio Neves mora no Rio, quase sempre morou. Isso não é um crime e muito menos um ato reprovável, exceto por não  ser assumido e, diante da informação sobre as viagens “oficiais” de final de semana,  vir com a história hipócrita de que vinha visitar a filha adolescente, usando visita à menina para justificar o que é seu gosto pela Zona Sul carioca.

Porque quem é falso ao dizer onde mora, em que será verdadeiro?"
Enviar: Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: