Juiz dá 48h para Doria explicar jantar pago por empresa


Pré-candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo João Doria Jr deve se explicar sobre o discurso que fez durante um jantar bancado pela empesa Gocil, parceira do Grupo Lide, no dia 9 de junho no Club A; na ocasião, na capital paulista, ele afirmou que não vai disputar uma eventual reeleição e que pretende atender às expectativas daqueles que votarão nele; para o promotor, é claramente violação à legislação eleitoral “uma vez que, durante o jantar, o pré-candidato assume o microfone e se comporta como candidato ao cargo de Prefeito de São Paulo, pedindo votos”

Brasil 247 -

O juiz Sidney da Silva Braga, da 1ª Zona Eleitoral da Capital, quer que o pré-candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo João Doria Jr se explique, num prazo de 48 horas, sobre o discurso que fez durante um jantar bancado pela empesa Gocil, parceira do Grupo Lide, no dia 9 de junho no Club A. Na ocasião, na capital paulista, ele afirmou que não vai disputar uma eventual reeleição e que pretende atender às expectativas daqueles que votarão nele.

“Não vou disputar a reeleição, tendo ou não a reforma política, mas quero ter o orgulho de olhar nos olhos dos meus filhos, da minha mulher, dos meus amigos e poder dizer: cumpri o meu dever, com honra, honestidade e dignidade, e fui um bom prefeito. Cumpri meu papel atendendo a expectativa, a honra e, principalmente, a confiança daqueles que votarão em meu nome”, disse.

Para o promotor eleitoral José Carlos Bonilha, o vídeo demonstra claramente violação à legislação eleitoral “uma vez que, durante o jantar, o pré-candidato assume o microfone e se comporta como candidato ao cargo de Prefeito de São Paulo, pedindo votos”, segundo reportagem de Mateus Coutinho.
Caso o juiz entenda que houve irregularidade João Doria ficará sujeito a uma multa que varia de R$ 5 mil a R$ 25 mil.

O advogado de Doria, Anderson Pomini, afirmou que o jantar foi uma “homenagem” na condição de empresário e, “ao final, fez referência que é pré-candidato, o que motivou o afastamento dele de diversas empresas”, disse – leia aqui.
Enviar: Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: