Defensor do golpe, Magno Malta teria recebido R$ 100 mil não declarados


Autores de um dos discursos mais ferozes contra a presidente Dilma e a favor do impeachment na comissão do Senado, o senador Magno Malta (PR-ES) teria recebido o montante de uma das maiores fabricantes de móveis de cozinha do País, a Cozinhas Itatiaia, conforme mostram e-mails divulgados pela Folha neste domingo; membro da bancada evangélica, Malta também teria viajado em avião particular da empresa

Brasil 247 -

Crítico ferrenho da presidente Dilma Rousseff e autor de discursos raivosos a favor do impeachment na comissão especial que analisa o processo, o senador Magno Malta (PR-ES) teria recebido um repasse de R$ 100 mil declarados.
O dinheiro, conforme apontam e-mails entre dirigentes divulgados pela Folha de S. Paulo neste domingo 14, veio de uma das maiores fabricantes de móveis de cozinha do País, a Cozinhas Itatiaia.

Outras mensagens, segundo o jornal, indicam que o membro da bancada evangélica viajou no avião particular da empresa entre 2012 e 2013. Ele nega ter recebido dinheiro da Itatiaia e diz ter viajado no avião da empresa para fazer palestras.

Leia aqui a reportagem.
Enviar: Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: