Escárnio: Temer não vai ao Rio por ter ‘coisa melhor para fazer’, diz Geddel


Braço direito de Michel Temer, o ministro Geddel Vieira Lima (Secretaria de Governo) afirmou que o interino faltará à cerimônia de encerramento da Olimpíada por ter "coisa mais legal para fazer"; o motivo real, no entanto, é outro: Temer, que levou uma vaia de 105 decibéis na abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016, não quer ser vaiado novamente às vésperas do julgamento final do impeachment; decisão cria saia justa diplomática para o Comitê Olímpico Internacional, uma vez que pela primeira vez o país anfitrião não mandará seu chefe de estado passar o bastão ao país que sediará a Olimpíada seguinte

Brasil 247 -

Articulador político, o ministro interino da Secretaria de Governo nega que o vice-presidente em exercício da presidência da República, Michel Temer, esteja com medo de receber vaias de novo e que por isso tenha decidido não ir à cerimônia de encerramento dos Jogos Olímpicos Rio 2016.

Geddel disse ao jornal O Globo que o interino não vai porque "deve ter algo mais legal para fazer".

O presidente do PMDB baiano diz ainda que o presidente "não tem obrigação" de comparecer ao encerramento por não ser uma determinação documentada, e que se Temer tivesse medo de vaias não teria ido à abertura da Olimpíada.
Enviar: Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: