João Doria Jr. omite imóvel de US$ 11 milhões


Embora tenha declarado um patrimônio de R$ 179 milhões, o candidato do PSDB à prefeitura de São Paulo, João Doria Júnior, omitiu a propriedade de um apartamento de US$ 11 milhões em Miami; sua casa, em São Paulo, também foi declarada por um quarto do valor real, que é de R$ 45,9 milhões; escolhido por Geraldo Alckmin numa guerra interna do PSDB, que acabou empurrando o vereador Andrea Matarazzo para o PSD, Doria também foi citado no escândalo dos "Panamá Papers", como dono de uma empresa offshore naquele País; para os advogados de Doria, a declaração de bens à Justiça Eleitoral foi feita de acordo com a lei

Brasil 247 -

Imposto ao PSDB pelo governador Geraldo Alckmin como candidato à prefeitura de São Paulo, o empresário João Doria Júnior tem potencial para causar danos à imagem "moralista" do PSDB.
 
Embora tenha declarado um patrimônio de R$ 179 milhões, o candidato do PSDB à prefeitura de São Paulo, João Doria Júnior, omitiu a propriedade de um apartamento de US$ 11 milhões em Miami, segundo reportagem de Rodrigo Burgarelli, Daniel Bramatti e Pedro Venceslau. Sua casa, em São Paulo, também foi declarada por um quarto do valor real, que é de R$ 45,9 milhões.

Doria também foi citado no escândalo dos "Panamá Papers", como dono de uma empresa offshore naquele País e é cliente do escritório Mossack Fernandes.

Para os advogados de Doria, a declaração de bens à Justiça Eleitoral foi feita de acordo com a lei. Nas pesquisas eleitorais, ele aparece atrás de Celso Russomano, Marta Suplicy (que tem o apoio de José Serra, inimigo de Alckmin), Fernando Haddad e Luiza Erundina.
Enviar: Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: