Governo Alckmin desmonta programa de ensino técnico


O Estado de São Paulo paralisou a oferta de vagas neste ano em escolas particulares do programa Vence, citado pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) em sua campanha de reeleição como um dos destaques da gestão tucana; vagas nas instituições particulares concentram 84% das 67 mil acumuladas desde 2012; número caiu de 20 mil para 13 mil de 2013 a 2015; recursos para as Etecs, do Centro Paula Souza, também vem sofrendo cortes

Brasil 247 -

 O governo Geraldo Alckmin (PSDB) desmontou a rede de ensino técnico voltada para alunos do ensino médio em São Paulo. O governo paralisou a oferta de vagas neste ano em escolas particulares do programa Vence, citado por Alckmin durante sua campanha de reeleição como um dos destaques da gestão tucana. As vagas em estabelecimentos particulares concentram 84% das 67 mil acumuladas desde 2012.

Uma outra parte do programa é feita por meio de parcerias com institutos federais e com o Centro Paula Souza, autarquia estadual responsável pelas escolas técnicas (Etecs). O Centro Paula Souza também vem sofrendo com o corte de verbas. Neste ano, foram abertas apenas 1,6 mil vagas nessas escolas.

Em 2013, o Vence ofereceu mais de 20 mil vagas. Já em 2015 este número caiu para 13 mil, sendo 10 mil delas por intermédio de escolas particulares. Na última eleição, Geraldo Alckmin anunciou que uma das metas de sua gestão era universalizar a expansão do ensino técnico até 2018.

O governo paulista nega que esteja havendo um desmantelamento da rede de ensino técnico e assegura que continua incentivando a expansão do sistema integrado do ensino médio com o ensino técnico.
Enviar: Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: