MBL,o do Kinzinho, vai acabar fazendo campanha pela escravatura


Por Fernando Brito, Tijolaço -

O Movimento Brasil Livre – ou o que resta dele, depois que a direita não precisa mais deles – está distribuindo memes como o acima, na internet.

Sem INSS, dizem, você ganharia 30% a mais. Claro, não é? Os patrões, tão generosos, entregariam ao trabalhador todo o dinheiro dos encargos sociais que pagam. E, além disso, o felizardo funcionário trabalharia até o último suspiro da existência, ou da canequinha de pedinte se ficar doente e, se deixar viúva, ela que vá vender docinhos para viver.

O FGTS, que bacana, que não é descontado do salário do empregado, também sei pago, espontaneamente, por seu empregador. E aquela graninha do desemprego ou da aposentadoria, sumia. Mas como não vai ter aposentadoria, pouco importa.

E o décimo terceiro? Que felicidade! Não vai ter mais! Acaba aquela correria de comprar um presentinho, estas bobagens de período de festas e, como é  para a maioria, aquela oportunidade de pagar dívidas ou comprar uma geladeira, um fogão…

Pra quê? Somos todos jovens paulistanos, da balada, ou pessoas que podem – deus meu, que coisa! – pagar R$ 290 para jantar com o chefe dos “mebelistas” em Florianópolis!

Falta pouco para esta turma pedir o expurgo da Princesa Isabel, aquela petralha, da história do Brasil.
Enviar: Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: