Gaspari: Nem na ditadura garotos eram algemados como em Miracema


Jornalista destaca que, "no mundo dos marmanjos do andar de cima", como dos empresários e políticos presos na Lava Jato ou do ex-governador do Tocantins Sandoval Cardoso, não há algemas, mas em Miracema, "a PM algemou estudantes que haviam ocupado uma escola"

Brasil 247 -

O jornalista Elio Gaspari faz uma comparação em sua coluna deste domingo entre a prisão de "marmanjos do andar de cima", como grandes empresários e políticos da Lava Jato, e os estudantes que ocupavam uma escola em Miracema, no Tocantins, onde "a PM algemou estudantes", um deles com 15 anos.

Ele lembra que no mesmo Estado, o ex-governador Sandoval Cardoso foi escoltado sem algemas há duas semanas. Gaspari recorda: o episódio de Miracema acontece em uma semana em que o presidente do Senado chamou um juiz de "juizeco", a presidente do Supremo disse não ter horário para o presidente da República".

"Os mecanismos de protesto e manipulação que resultaram na ocupação das escolas foram disparados pela bagunça dos adultos poderosos de Brasília. O presidente Michel Temer, que se apresentou ao país como um "pacificador", resolveu reformar o ensino médio do país editando uma Medida Provisória. Nem durante a ditadura aconteciam coisas assim".
Enviar: Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: