Garotinho: “O Globo recebeu R$ 2 bilhões do Cabral”


Poucos dias antes de ser preso pela Polícia Federal, sob acusação de usar dinheiro público para compra de votos nas eleições municipais de Campos, o ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho (PR) fez uma uma grave acusação contra o jornal O Globo, da família Marinho; "Não há outro estado no Brasil onde tenha havido tanta corrupção como no Rio de Janeiro. Querer dizer agora, como O Globo vem tentando insinuar, que recebeu só no período de Cabral 2 bilhões de reais em propaganda, que tudo em culpa da crise internacional e da queda do petróleo, não é não"

Brasil 247 -

Poucos dias antes de ser preso pela Polícia Federal, sob acusação de usar dinheiro público para compra de votos nas eleições municipais de Campos, o ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho (PR) fez uma uma grave acusação contra o jornal O Globo, da família Marinho.

Garotinho disse que o jornal carioca recebeu R$ 2 bilhões durante a gestão do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB), também preso pela Polícia Federal, mas no âmbito da operação Lava Jato, sob acusação de receber entre R$ 200 mil e R$ 500 mil em propinas mensais de empreiteiras que obtiveram contratos com o governo do Estado.


"Não há outro estado no Brasil onde tenha havido tanta corrupção como no Rio de Janeiro. Querer dizer agora, como O Globo vem tentando insinuar, que recebeu só no período de Cabral 2 bilhões de reais em propaganda, que tudo em culpa da crise internacional e da queda do petróleo, não é não", disparou Garotinho.

"Os três principais motivos dessa situação que o Rio foi parrar no fundo poço foram três motivos. primeiro foi a farra dos incentivos fiscais. Foram mais de R$ 180 bilhões que o Cabral deu de incentivos fiscais. Em segundo lugar, a farra dos precatórios. A Assembleia autorizou o governo do Estado a receber impostos através de dívidas. E o terceiro ponto, que também é muito grave foi excesso de terceirização", afirmou.
Enviar: Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: