Recessão Temer-Meirelles cancela até festival de música


Após duas edições no Brasil, o Tomorrowland —um dos maiores e mais lucrativos festivais de música eletrônica do mundo— decidiu cancelar a realização do evento no país em 2017; a direção alega "fatores de instabilidade", dentre eles, "a atual situação econômica brasileira"; em setembro, o organizador do festival, o publicitário Luiz Eurico Klotz a terceira edição aconteceria "se o [presidente Michel] Temer deixar"

Brasil 247 -

Após duas edições no Brasil, o Tomorrowland —um dos maiores e mais lucrativos festivais de música eletrônica do mundo— decidiu cancelar a realização do evento no país em 2017.

A direção alega "fatores de instabilidade", dentre eles, "a atual situação econômica brasileira". Em setembro, o organizador do festival, o publicitário Luiz Eurico Klotz a terceira edição aconteceria "se o [presidente Michel] Temer deixar".

As informações são do UOL.

"O Tomorrowland aconteceria nos dias 21, 11 e 23 de abril de 2017, mais uma vez na Fazenda Maeda, em Itu, São Paulo, com quem o festival mantém ainda um contrato de cinco anos."
Enviar: Google Plus

About Antonio Ferreira Nogueira Jr.

Contato- nogueirajr@folha.com.br
Revista- WMB

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários: